Mês: setembro 2011

Deputado mais votado do Estado, Cleiton Collins põe mulher para disputar mandato de vereadora no Recife – blog de jamildo

POSTADO ÀS 17:13 EM 15 DE Setembro DE 2011

Por Helder Lopes

A Missionária Michele, esposa do Pastor Cleiton Collins – deputado mais votado do Estado e pré-candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes -, deverá anunciar sua candidatura a vereadora da cidade do Recife, pelo PP. Michele Collins atualmente está a frente da ONG SaraVida, que presta assistência a dependentes químicos e a suas famílias.

“Meu grande desejo agora é poder contribuir com a criação de políticas públicas, principalmente para mulheres e crianças”, falou a Missionária.

Segundo Michele, já nos próximos dias ela definirá com seu partido os detalhes de sua candidatura.

A Missionária faz questão de lembrar que o projeto de sair candidata é fruto de conversas e anseios de seus irmãos evangélicos, fundamentais na hora da urna.

“Como estamos muito envolvidos com trabalhos sociais na igreja, é muito importante o apoio dos evangélicos. É um pessoal que está mais próximo da gente, e que, portanto, conhece nossa ideologia”, afirmou.

Michele, como não poderia ser diferente, conta com o apoio de seu marido na nova empreitada.

“Eu espero contar muito com o apoio dele. Já estamos acostumados com o trabalho e as disputas eleitorais. Conto muito com ele e com o deputado Eduardo da Fonte, mas sei que não vai ser fácil”.

Ficamos no aguardo da musiquinha…

Folha dePernambuco – 16 de setembro de 2011- Cleiton: Elias não está dando certo

Monaliza Brito
Especial para a Folha

O deputado estadual Cleiton Collins (PSC) continua tentando articular sua candidatura a prefeito de Jaboatão dos Guararapes. Ele afirmou, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, que está “tentando firmar uma agenda para debater os problemas de Jaboatão”. O deputado também criticou o prefeito Elias Gomes (PSDB) pelo não cumprimento de promessas de campanha. “Criou-se essa expectativa de que ter um gestor com grande experiência em outros municípios poderia dar certo em Jaboatão”, disse Collins. “Mas não está dando certo porque o prefeito não consegue cumprir suas promessas de campanha”, disparou.

A candidatura do deputado, entretanto, enfrenta dois empecilhos. O primeiro deles é que seu partido integra a base de Elias Gomes, contando, inclusive, com cargos na gestão. “Vamos avaliar isso mais na frente. Por enquanto ainda é cedo”, assegurou. A outra dificuldade é a simpatia do governador Eduardo Campos (PSB) pelo atual prefeito. Collins, porém, não teme essa aproximação. “Apesar de o governador ter criado muitos projetos para Jaboatão, o PSB é oposição a Elias”, afirmou. “E o partido do prefeito (PSDB) é o partido do líder da oposição na Assembleia (deputado Antônio Moraes)”, disse.

O deputado, já falando em tom de pré-candidato, disse que todas as grandes obras estruturadoras realizadas durante a gestão tucana na cidade foram, na verdade, obras do Governo Pernambucano. “Se não fosse o Estado, ele (Elias) não teria o que falar em Jaboatão”, alfinetou.

Collins também criticou as ações de entretenimento promovidas pela Prefeitura. Apesar de garantir não ser contra agendas culturais e eventos programados no município que geram emprego e renda, assegurou que não é isso o que ocorre em Jaboatão. Citou como exemplo o Galo fora de época, que teve sua realização em Recife vetada após pesquisa da Secretaria de Turismo local, e haverá um evento do mesmo tipo em Jaboatão.

“No ano passado, a Prefeitura investiu em dois dias uma quantia de R$ 3,5 milhões no evento. Neste ano, serão R$ 5 milhões. E isso num momento em que o sentimento de Jaboatão não é esse”, declarou, enfatizando que a prioridade dos investimentos deveria ser a recuperação de áreas prejudicadas pelas chuvas.

Para derrubar Elias Gomes, Lula Cabral ajuda a empinar Cleiton Collins no PSC

 

Blog de Jamildo

POSTADO ÀS 11:33 EM 13 DE Setembro DE 2011

A reunião do comando do PSC na tarde desta segunda-feira, para tratar das eleições de 2012, em Pernambuco, com a presença do vice-presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo Pereira, teve um lance dos mais inusitados. O prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PTB, participou do evento do começo ao fim.

Lula Cabral foi ao encontro com o objetivo de ajudar na candidatuta de Cleiton Collins, para não deixar Elias Gomes solto e, se possível, destroná-lo. A eleição do deputado estadual, assim, interessa de perto ao líder do Cabo, eterno rival do tucano.

Cargos de aliados de Cadoca na gestão Elias Gomes são pedra no caminho do pré-candidato Cleiton Collins

 

 

POSTADO ÀS 12:05 EM 13 DE Setembro DE 2011 – Blog de Jamildo

Muita gente não entendeu a nota, divulgada na tarde desta segunda-feira, pelo presidente estadual do PSC, deputado federal Carlos Eduardo Cadoca, negando que o vice da legenda, deputado estadual Cleiton Collins, estivesse sendo lançado como pré-candidato à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes.

Para consumo externo, a reunião, que durou a tarde toda, não resultou em definições relacionadas a este assunto. No entanto, a reunião serviu mesmo para amanhar os nervos dos dois lados. Os caciques travam uma quebra de braço.

Lastreado em sua votação na eleição de 2010 (137.157 votos), Cleiton Collins continua no páreo e otimista com relação às suas chances. Em seu favor, há ainda uma resolução da direção nacional do partido determinando o lançamento de chapa majoritária em todos os municípios com mais de 100 mil habitantes.

De acordo com informações de bastidores, ele chegou a reclamar da posição de Cadoca. “Se houver resistência, é porque tem mato neste coelho e vou descobrir”.

“Não descartamos nenhum nome até o momento”, afirmou Everaldo, destacando que existe a possibilidade de lançamento de candidatura própria do PSC em Jaboatão e até mesmo no Recife.

A parente resistência de Cadoca deve-se ao fato de estar o PSC enganchado hoje na gestão tucana. O secretário executivo de articulação política de Jaboatão, Daniel Pessoa, foi uma indicação pessoal de Cadoca. A equipe dele é do PSC e garante algum espaço para o deputado federal. Pessoa é presidente do partido no município.

O curioso na disputa interna é que Cadoca pediu que Clieton Collins colocasse ele lá, para ajudá-lo. Elias ajudou a dar um nó no PSC ao convidá-lo para o governo municipal. “Eles estão mamando lá, mas vão ter que entregar os cargos. Cadoca vai ter que entender, a reunião serviu para isto”, observa, em reserva, um aliado do deputado evangélico.

Cleiton Collins já disse a amigos que não pensa em deixar o partido, caso não tivesse seu pleito atendido, até porque é bem mais velho na agremiação do que Cadoca. Collins sempre repete que, da vez passada, atendeu um pedido do governador Eduardo Campos e retirou a candidatura, mesmo tendo chances de vitória. Além de ser da base aliada, não gostaria de contar com a antipatia do cacique socialista.

O resultado da quebra de braço pode ser dado pelo voto. O diretório local do PSC é presidido por Daniel Pessoa. São nove votos e Collins alardeia que tem cinco, enquanto Cadoca tem quatro.

No encontro de ontem, em Santo Amaro, chegou a ser cogitada a possibilidade de compensação ao pessoal de Cadoca, com a abertura de espaços (cargos para os aliados) na gestão de Lula Cabral ou mesmo no governo do Estado. A conferir.

Lula Cabral

A reunião do comando do PSC na tarde desta segunda-feira, para tratar das eleições de 2012, em Pernambuco, com a presença do vice-presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo Pereira, teve um lance dos mais inusitados. O prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PTB, participou do evento do começo ao fim. Lula Cabral foi ao encontro com o objetivo de ajudar na candidatuta de Cleiton Collins, para não deixar Elias Gomes solto e, se possível, destroná-lo. A eleição do deputado estadual, assim, interessa de perto ao líder do Cabo, eterno rival do tucano.

Cleiton Collins ainda não tem aval do PSC – 13 de setembro de 2011- Folha de Pernambuco

 

MONALIZA BRITO
Especial para a Folha

foto de Clélio TomásLÍDERES do partido avaliaram candidaturas no Estado

O vice-presidente nacional do PSC, Pastor Everaldo Pereira, esteve reunido ontem com o presidente estadual da legenda, deputado federal Carlos Eduardo Cadoca, e o vice local, deputado estadual Cleiton Collins, para apresentar um balanço da situação do partido no País e debater a situação local. Um dos temas que esteve em pauta foi o lançamento de Cleiton como pré-candidato à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, mas a reunião, que durou a tarde toda, não resultou em definições relacionadas a este assunto.

“Não descartamos nenhum nome até o momento”, afirmou Everaldo, destacando que existe a possibilidade de lançamento de candidatura própria do PSC em Jaboatão e até mesmo no Recife. “Estamos estudando a situação de 43 municípios pernambucanos com possibilidade de chapa majoritária, mas nada ficará definido antes do prazo final para novas filiações”, garantiu o vice-presidente do partido.

Cleiton Collins assegurou que está otimista com relação às suas chances. Segundo ele, há uma resolução do “céu” do partido, da direção nacional, que determina o lançamento de chapa majoritária em todos os municípios com mais de 100 mil habitantes. “Se o partido conta com o deputado estadual mais votado em Jaboatão no seu quadro, por que não teria interesse em lançá-lo como candidato?”, questionou, referindo-se à sua votação na eleição de 2010 – 137.157 votos. Cleiton Collins negou os rumores de que poderia deixar o partido caso não tivesse seu pleito atendido.

O objetivo do PSC para 2012, segundo Everaldo Pereira, é aumentar de 57 para 300 o número de prefeitos e de 1.146 para quatro mil o número de vereadores em todo o Brasil. Para tentar viabilizar o cumprimento dessa meta, o vice-presidente visitou 17 estados em 60 dias.

 

Cleiton Collins anuncia nesta tarde candidatura a prefeito de Jaboatão dos Guararapes POSTADO ÀS 14:03 EM 12 DE Setembro DE 2011

 

O deputado estadual Cleiton Collins, do PSC, vai mesmo disputar o cargo de prefeito de Jaboatão dos Guararapes, nas próximas eleições. Nesta tarde, na sede do PSC, em Santo Amaro, o nome do político será lançado oficialmente como o nome do PSC para a disputa. O evento deve ser prestigiado por Cadoca, líder do PSC no Estado, além do presidente nacional da legenda, pastor Everaldo.

Até aqui ele era pré-candidato a prefeito de Jaboatão pelo PSC, mas mantinha uma marcação cerrada em Elias Gomes.

A trincheira da briga antecipada é a Alepe. Recentemente, o deputado do PTC foi à tribuna da Alepe para criticar o “carnaval fora de época” que o prefeito Elias Gomes (PSDB) vai realizar em Jaboatão dos Guararapes nos dias 15 e 16 de outubro. Na sua avaliação, o dinheiro que a prefeitura vai gastar no evento R$ 1,5 milhão deveria ser usado em obras de infraestrutura, pois o município se encontra carente nessa área.

Em uma entrevista a uma rádio evangélica, no começo de agosto, o deputado estadual, já adotando um figurino de candidato, não poupou críticas ao modo de governar de Elias Gomes.

“Jaboatão não pode mais ser considerada o lixo do Recife, tudo que não presta em Recife, trazem para Jaboatão, foi o Lixão da Muribeca, e agora é o Recife Folia, vão gastar cinco milhões de reais em uma festa, porque não gastar este dinheiro em ruas, saúde, e continuou. André Campos em Recife não vai fazer o Recifolia, por exemplo, porque não foi aceito pela população.”

Da tribuna da Alepe, o deputado é presidente da Comissão de Assuntos Internacionais da Casa de Joaquim Nabuco e recentemente tirou até uma casquinha da mudança de localização do projeto da fábrica de vacinas da Norvartis, de origem suíça, que trocou Goiana por Jaboatão dos Guararapes.

“A chegada deste megainvestimento a Jaboatão (R$ 300 milhões) irá ampliar as oportunidades de emprego naquele município, gerando também mais impostos”.

No meio político, o evangélico é conhecido por seu jingle chiclete. Moradores do bairro contam que a música promove um verdadeira lavagem cerebral, em favor do candidato, grudando na cabeça dos eleitores. Dizem que até Elias Gomes chegou a cantarolar.

Postado por Jamildo Melo | Notícias | permalink | imprimir | enviar

DELICIOUSDIGGNEWSVINESTUMBLEWINDOWS LIVEGOOGLEFACEBOOKMYSPACETWITTERORKUT