Pastor Cleiton Collins celebra aniversário da União de Jovens

O deputado Pastor Cleiton Collins (PP) participo10552608_679854725424535_5679282484641954464_nu do 10º Encontro de Jovens da Igreja Assembleia de Deus, Campo Surubim, promovido no último final de semana (1 a 3 de agosto), em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes.

No encontro, foram realizadas performances teatrais, apresentações musicais e pregação do evangelho. O evento reuniu representantes de onze igrejas, situadas em várias cidades do Estado realizadas e teve como objetivo celebrar o aniversário da União de Jovens do Campo Surubim.

Ascom
Foto: Divulgação

Paulo Câmara forma coordenação em busca do voto evangélico

Thiago Neuenschwander – Diario de Pernambuco
Publicação: 30/07/2014 08:01 Atualização: 29/07/2014 20:37

O candidato ao governo do estado pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), reuniu uma “tropa de elite” para ajudá-lo a ganhar votos de uma parcela com bastante representatividade no estado: os evangélicos. De olho nesse segmento, que segundo o último Censo representa mais de 20% da população de Pernambuco, o socialista incumbiu o deputado estadual Cleiton Collins (PP) e sua esposa, a vereadora Michele Collins (PP), da “coordenação evangélica” de sua campanha.

Na prática, os parlamentares tentarão estreitar os laços entre a chapa e diversos representantes religiosos com a prerrogativa de que estes possam participar com sugestões para o programa de governo do PSB. A aproximação também deve gerar imenso ganho político para Câmara, já que muitos evangélicos costumam acompanhar ideologicamente seus líderes também nas eleições.

Além de Cleiton Collins, deputado estadual mais votado em 2010 com 137.157 votos, e Michele Collins, nona vereadora mais votada do Recife em 2012 (10.589 votos), o grupo deve contar com a participação de nomes de peso, como o presbítero Adalto Santos (PSB), segundo deputado estadual mais lembrado no pleito de 2010 (120.175 votos), e o Pastor Eurico (PSB), o quinto deputado federal mais votado há quatro anos (185.870 votos). Com trânsito fácil entre as várias ramificações evangélicas, a coordenação trabalhará para uní-las em torno do nome de Paulo Câmara, sob o argumento de que é um candidato comprometido com políticas públicas voltadas para a família e o combate às drogas, algumas das bandeiras defendidas pelo segmento.

O apoio do PP no estado com mais evangélicos no Nordeste (1.788.973), inclusive, foi sacramentado, segundo o deputado estadual Cleiton Collins, por essa maior atenção de Câmara a essas questões. “Paulo abraçou essas bandeiras e está dando a oportunidade de que os evangélicos participem com ideias. Sabemos que a Igreja muitas vezes chega aonde o estado não chega e que sua atuação é muito importante. Queremos contribuir em todas as áreas, para que possamos servir às comunidades e àqueles que mais necessitam”, explicou o parlamentar.

Collins revelou que uma das ideias propostas será a da criação de uma secretaria específica para cuidar de temas relacionados ao combate às drogas. “A Igreja já atua muito na questão da prevenção e recuperação de pessoas e famílias destruídas por esse mal. O governo age com muita competência na repressão, com o Pacto pela Vida, mas queremos aprofundar essa questão na próxima gestão e Paulo é o homem certo para liderar esse processo”, acrescentou.

O deputado ainda disse que um grande evento entre o socialista e lideranças evangélicas deverá acontecer na primeira quinzena de agosto. No último domingo, o candidato prestigiou um culto da Assembleia de Deus, em Abreu e Lima, no Grande Recife. Ontem, durante um compromisso de campanha com representantes da Fecomercio, Paulo falou sobre o papel de sua nova coordenação. “O segmento é muito representativo e apresenta contribuições sociais importantes. Por isso é importante escutá-lo como a todos os outros segmentos, religiosos ou não, para o desenvolvimento de políticas públicas para a população”, ponderou.

A ideia de dar atenção especial a este segmento não é pioneira. Vários políticos já atentaram para a importância política dos evangélicos. A presidente Dilma Rousseff, por exemplo, também deverá ter uma coordenação específica para eles. Em reunião realizada no dia 22, no Palácio do Alvorada, com os comandantes dos partidos que formam a coligação por sua reeleição, ficou acertado que os presidentes do PSD, Gilberto Kassab, do Pros, Eurípides Júnior, e do PRB, Marcos Pereira, ajudarão a montar uma agenda de encontros da presidente com lideranças evangélicas do país.

Saiba mais

Evangélicos no Nordeste

1º Pernambuco – 1.788.973 pessoas (20,3%)
2º Ceará – 1.236.435 pessoas (14,6%)
3º Maranhão – 1.130.399 pessoas (17%)

Em Pernambuco

Católicos 5.834.601
Evangélicos 1.788.973
Espíritas 123.798
Candomblé 10.830
Outras 146.691

Variação do número de praticantes em Pernambuco em uma década (Censos de 2000 e 2010)

Evangélicos

Aumentou de 13,5% para 20,3% da população

Católicos

Caiu de 74% para 66% da população

Votação de importantes lideranças evangélicas nas últimas eleições

Pastor Cleiton Collins (deputado estadual mais votado em 2010) – 137.157 votos
Presbítero Adalto (2º deputado estadual mais votado em 2010) – 120.175 votos
Pastor Eurico (5º deputado federal mais votado em 2010) – 185.870 votos
Michele Collins (9ª vereadora mais votada em 2012) – 10.589 votos

Fonte: IBGE e TRE-PE

Política em família

PUBLICADO EM 26/07/2014 ÀS 14:08 POR  EM ELEIÇÕESNOTÍCIAS

Créditos das Fotos: Soares/JC Imagem, BlogImagem, Noely Mota, Priscila Krause/Reprodução Facebook e Germana Soares.<br /><br />
Arte: Bruno carvalho

Créditos das Fotos: Soares/JC Imagem, BlogImagem, Noely Mota, Priscila Krause/Reprodução Facebook e Germana Soares. 
Arte: Bruno carvalho

Em uma rápida olhada no registro de candidaturas hospedado no site do TRE, é possível encontrar, no mínimo, 12 candidatos que possuem algum tipo de vínculo familiar, com sobrenomes que já figuram no mundo político há muitos anos. Muitos deles consagrados. Entre os que concorrem ao cargo de deputado estadual e federal, a ligação “pai e filho” é a que mais aparece. Seja pelo desejo de seguir os mesmos passos de seus pais, ou para manter o “curral” eleitoral da família, estes candidatos figuram com potenciais chances de eleição.

A vereadora de Recife e candidata a deputada estadual Priscila Krause (DEM) é filha do ex-governador de Pernambuco e ex-prefeito de Recife, Gustavo Krause. Sobre a influência de seu pai na escolha pela vida pública, Priscila afirma que não foi determinante: “Foi fundamental, isto sim; mas não foi fator determinante. Até porque eu tenho cinco irmãos e apenas eu enveredei por este caminho”.

Outro exemplo da ligação pai e filho nas eleições deste ano é o de Fernando Bezerra Coelho (PSB), candidato ao senado pela Frente Popular por Pernambuco e que tem dois de seus filhos como candidatos: o já deputado federal Fernando Filho (PSB) e Miguel Coelho (PSB), que concorre ao cargo de estadual.

Fernando Filho diz que o currículo do pai foi importante para a eleição de seu primeiro mandato, mas que só o sobrenome não garante a permanência na política: “Fui eleito em 2006 com mais de 117 mil votos e em 2010 fui reeleito com mais de 166 mil. Se eu não mostrasse meu trabalho, o eleitor não voataria em mim outra vez, mesmo com a infuência política de meu pai”. A família Coelho tem ainda outro membro disputando um cargo no pleito deste ano, o vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB), filho de Osvaldo Coelho e primo de FBC.

O casal Cleiton e Michele Collins, ambos do PP, figuram como outro tipo de ligação político-familiar. O pastor Cleiton é candidato a estadual e sua esposa foi uma das vereadoras mais votadas nas eleições municipais de 2012. De acordo com Cleiton, a união na vida pública não atrapalha na vida conjugal: “Nosso envolvimento na política não atrapalha porque defendemos a mesma ideologia, lutamos pela mesma causa”.

O nome de Michele aparece como candidata ao mesmo cargo que o marido disputa, mas Cleiton nega que isto tenha sido uma estratégia para beneficiar o partido nas eleições proporcionais: “O que aconteceu ali foi um erro de registro, a missionária Michele é vereadora e não será candidata a deputada este ano”, afirma.

Nem sempre a herança política trazida com o sobrenome garante vitória em campanhas. Exemplos disto são os candidatos Jarbas Filho (PMDB), filho do senador e ex-governador de Pernambuco Jarbas e Vasconcelos (PMDB), Izabel e Flávio Urquiza (PMDB), filhos da ex-prefeita de Olinda Jacilda Urquiza (PMDB), que não conseguiram se eleger em 2012, mesmo com o empenho dos pais em suas campanhas.

A pedido do público Cleiton Collins mantém jingle de campanha

É difícil encontrar alguém que  não se lembre do jingle da campanha do deputado estadual Pastor Cleiton Collins (PP) nas últimas eleições . Pastor Cleiton Collins 20620 pra deputado estadual….. Pois é.. O Pastor resolveu manter o jingle, modificando apenas o número que passa a ser 11611, o mesmo que elegeu sua esposa, Missionária Michele Collins (PP) a vereadora do Recife. De acordo com Collins, os organizadores da campanha fizeram uma pesquisa e constataram que  grande parte dos pernambucanos preferem o jingle, inclusive o público infantil.

foto: divulgação
foto: divulgação  
 O Pastor Cleiton Collins é o  parlamentar mais votado do Estado por duas vezes consecutivas  e candidato à reeleição.  Em outubro de 2013, Collins se filiou ao Partido Progressista (PP), partido o qual é Líder da bancada, na Alepe.

Cleiton Collins faz mistério sobre a posição do PP para as eleições de outubro

blog de jamildo

PUBLICADO EM 20/06/2014 ÀS 20:14 POR  EM NOTÍCIAS

cc

A posição do Partido Progressista (PP) nas eleições estaduais deverá ser definida nos próximos meses. Foi o que revelou o deputado estadual Cleiton Collins, em entrevista ao radialista André Carvalho, nesta sexta (20). Depois da retirada do nome da sua esposa e vereadora da cidade do Recife, Michele Collins da disputa, a ideia e estudar as propostas das duas chapas majoritárias.

Apesar da simpatia do presidente do partido, Eduardo da Fonte ser focada no PT da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, Collins afirmou que o PP no estado atuará de maneira independente. “Ainda há diálogo, apesar de eu considerar um erro, o PTB não ter oferecido a vaga de vice para o PP. Tínhamos 6% nas pesquisas e o desejo do partido era ter uma candidatura própria, mas não dá pra enfrentar uma eleição sem musculatura partidária. Não tínhamos recursos e nem possibilidades de coligação”, lamentou.

Apresentando-se sempre como referencia nas políticas públicas contra as drogas, através do projeto Sara Vida que tem resgatado pessoas do vício, o deputado falou também sobre o tratamento dado ao tema no estado e lastimou a ausência de uma secretaria específica para cuidar do assunto. “Assim que Eduardo assumiu o governo do estado propusemos a criação dessa pasta, mas a gestão estava focada no pacto pela vida e não deu continuidade ao projeto”, lembrou.

Collins também destacou o envolvimento das igrejas nesses casos. Essas instituições acabam agindo nas comunidades e utilizando a religião como forma de “curar” o viciado, o que causa polêmica nas bancadas do país. “A grande ajuda q o Brasil ainda tem são as três mil comunidades terapêuticas. Em Pernambuco fizemos parte disso. Temos que acabar com o preconceito e respeitar a maneira pela qual a igreja trabalha”, defendeu.

O nome do deputado Cleiton Collins foi escolhido para coordenar uma ação de evangelização no período da Copa do Mundo. Intitulada de “Arena Gospel”, a iniciativa pretende aproveitar a grande concentração de público e evangelizar os torcedores “Na Arena Pernambuco, encontramos assembleia de outros estados (RN) pessoal da FIFA estava querendo tirar eles de lá, mas chegamos com força, viram as bíblias e os materiais e permitiram. Povo de Deus deve aproveitar o momento”, contou.

Dia Internacional de Combate às Drogas é lembrado no Grande Expediente Especial

34530a

Há 27 anos, a ONU determinou 26 de junho como o Dia Internacional de Combate às Drogas. A data foi lembrada nesta quinta (19 de junho), com a realização de um Grande Expediente Especial solicitado pelo deputado Pastor Cleiton Collins, do PP. O público lotou as galerias da Casa Joaquim Nabuco para participar da reunião.

Dados da ONU apontam que, a cada ano, 210 milhões de pessoas consomem drogas ilícitas no mundo. E dessas, 200 mil morrem em consequência do uso. No Brasil, estatísticas mostram que o País tem um dos maiores consumos de crack do mundo, e o problema atinge pessoas de diferentes classes sociais. O deputado Adalto Santos, do PSB, que presidiu a reunião, disse que o tema é grave e exige reflexão e esforço das nações para combater o narcotráfico e os males causados pelas drogas.

O representante da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Rafael West, apresentou os programas que estão sendo desenvolvidos pela pasta. Entre eles, está o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) que realiza, em conjunto com a Polícia Militar, cursos de prevenção nas escolas públicas estaduais. Em 10 anos, 328 mil alunos participaram da iniciativa. De acordo com Rafael, o atendimento nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas – Caps AD e nos consultórios de rua para os usuários de drogas foi ampliado.

De acordo com o chefe da Delegacia de Repressão de Entorpecentes da Polícia Federal, Carlo Marcus Correia, a instituição realiza ações permanentes no combate ao cultivo da maconha no Sertão do Estado.
A vice-presidente nacional das Comunidades Terapêuticas e vereadora do Recife, Michele Collins, explicou o trabalho que vem sendo realizado nesses espaços e cobrou apoio dos Governos Municipais e Estaduais.

Para a representante do Conselho Regional de Psicologia, Melissa Azevedo, é preciso discutir o Marco Regulatório das Comunidades Terapêuticas. E assim oferecer um serviço de atendimento com padrão de qualidade.
O deputado Pastor Cleiton Collins ressaltou que a Assembleia Legislativa vem discutindo o assunto e abrindo diálogo, há nove anos. O parlamentar destacou que todos os anos a Casa debate políticas públicas para ampliar o combate às drogas.
Durante o evento, também foi realizado o Mutirão pela Vida. Aproximadamente 50 pessoas que precisam de tratamento passaram pela triagem com atendimento psicológico e familiar pela Sociedade Assistencial Saravida. (Y.A.)

Diario Oficial do Legislativo – últimas notícias

União entre emissoras de TV traz dinamismo à programação

33702aPastor Cleiton Collins acredita que união entre emissoras de TV traz dinamismo à programação
A parceria entre a TV Nova Nordeste e a TV Cultura de São Paulo para transmissão de programas educativos no Estado de Pernambuco foi enaltecida pelo deputado Pastor Cleiton Collins, do PP. O assunto é tema de Reunião Solene que a Assembleia promove na noite desta quarta (21 de maio), no Plenário da Casa Joaquim Nabuco.

Collins parabenizou a equipe e afirmou que a iniciativa vai trazer mais dinâmica para a emissora. O parlamentar destacou que a TV Nova Nordeste vem, a cada dia, aumentando sua qualidade de transmissão digital e seu alcance. O deputado salientou que essa junção é importante, mas a emissora não deixará de ter a característica de uma TV pernambucana, com estilo próprio de fazer jornalismo e programas de entretenimento. (F.N.)

última notícias – Diário Oficial – 21 de maio de 2014

Marco regulatório das comunidades terapêuticas

33678aPastor Cleiton Collins registra discussão sobre marco regulatório das comunidades terapêuticas
O deputado Pastor Cleiton Collins, do PP, afirmou, nesta terça (20 de maio), que o marco regulatório das comunidades terapêuticas está sendo discutido pelo Governo Federal, por meio do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad). Segundo ele, no último dia 14 de maio, em audiência pública, o órgão recebeu sugestões de representantes da sociedade civil e de instituições governamentais e formou um grupo de trabalho para elaborar a regulamentação.

O parlamentar destacou que a União e muitos Estados da federação têm abraçado a causa das cerca de 3800 comunidades terapêuticas do País. Mas o deputado afirmou que Pernambuco não segue o mesmo caminho.

Pastor Cleiton Collins lembrou que, no passado, o programa estadual Todos com a Nota fez arrecadação para as agremiações, mas, hoje, não existe incentivo às entidades. O deputado fez um apelo para que Pernambuco possa contribuir mais com a criação do marco regulatório das comunidades terapêuticas.(V.B.)

Últimas notícias do Diário Oficial do Poder Legislativo.

Crescimento de evangélicos

10155513_637669729643035_5526651745118789807_nNotícias do Diário Oficial 16/04/2014.

O deputado Pastor Cleiton Collins (PP) registrou ontem que as religiões evangélicas são as que mais crescem no País. Segundo o parlamentar, o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o número de evangélicos aumentou cerca de 61% em dez anos. De acordo com o deputado, há uma estimativa de que, em 2020, os evangélicos representem mais da metade da população brasileira.

O parlamentar informou “que, na política, a cada legislatura, o segmento religioso vem tendo maior representatividade”. Ressaltou que a bancada procura defender a vida e a família, sendo contra o aborto e as drogas, por exemplo. O deputado disse que, atualmente, no Congresso Nacional, a frente parlamentar evangélica conta com 66 deputados e senadores e, caso todos fossem do mesmo partido, seria a terceira maior bancada do Parlamento Federal.

Em aparte, Adalto Santos (PSB) ressaltou “que o papel da bancada evangélica tem sido fundamental para a discussão dos verdadeiros valores da sociedade nas casas legislativas.” Muribeca – Ainda no seu pronunciamento, Cleiton Collins lembrou a situação dos moradores do Conjunto Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, interditado em 1995 pela Defesa Civil após apresentar rachaduras. O deputado informou que os donos dos imóveis têm enfrentado dificuldades para receber o auxílio-moradia, e pediu “que a Justiça dê mais agilidade ao julgamento das indenizações”.

Betinho Gomes (PSDB) informou “que tem acompanhado a situação do Conjunto Muribeca, mas o processo é muito lento”. Segundo o deputado, no mês passado, a Justiça decidiu condenar a Caixa Econômica Federal a indenizar as famílias que perderam os imóveis, mas ainda cabe recurso da decisão. O parlamentar também reiterou o apelo quanto à agilidade do julgamento.

FOTO: DIÁRIO OFICIAL DO PODER LEGISLATIVO

Em ato contra marcha da maconha no Recife, Cleiton e Michele Collins colhem assinaturas contra a legalização

10289839_547343035387083_1661917456072173540_nBLOG DE JAMILDO- PUBLICADO EM 29/04/2014 ÀS 16:02

foto: diulgação

O deputado estadual Cleiton Collins e a vereadora Michele Collins, ambos do PP, ela pré-candidata do partido ao governo do Estado, realizaram na manhã desta terça-feira um ato no centro do Recife contra a legalização e regulamentação do uso da maconha, na Praça da Independência, no centro do Recife.

Ele disseram ter coletado milhares de assinaturas

O evento foi promovido pelo Movimento Mães contra o Crack.

De acordo com representantes do movimento, a iniciativa foi um protesto antecipado contra a Marcha da Maconha Recife, prevista para ser realizada em 04 de maio, com concentração na Praça do Derby.

Cleiton Collins é coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Comunidades Terapêuticas da Alepe e Michele integra a Frente de Combate ao Crack da Câmara dos Vereadores do Recife.

“Eles militam no combate às drogas há quase duas décadas e defendem a implementação de mais políticas públicas na área, a ampliação da rede de atendimento ao usuário de drogas, a oferta de serviços e o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelas comunidades terapêuticas em prol do combate às drogas”, informam.

Na opinião do pastor, a Marcha da Maconha estimula o consumo da substância que, segundo ele, traz muitos malefícios à saúde e à vida das pessoas.

A vereadora Michele Collins ressaltou que o consumo de maconha é a porta de entrada para outras drogas mais fortes.

“Precisamos de mais políticas públicas, direcionadas para o combate, o atendimento e o tratamento dessas pessoas. É também necessário trabalhar a reinserção delas no mercado de trabalho”, disse o pastor.

“São muitos os danos que a maconha causa à saúde e isso é comprovado por médicos e especialistas. Sabemos que gera danos cerebrais permanentes, perda de memória e vicia”, comentou Michele Collins.