Tag: pp

PP e PR indicam Eriberto Medeiros à presidência da Alepe

Após reunião, nesta segunda-feira (30), com todos os deputados do PP e PR, além da executiva estadual presidida pelo deputado federal Eduardo da Fonte, ficou decidido que os partidos terão uma única indicação à candidatura para presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco, que será o deputado estadual Eriberto Medeiros.

O deputado estadual Cleiton Collins, vice-presidente da Alepe, afirmou que abriu mão da candidatura para se dedicar à prestação de contas de seu mandato. “Quero me dedicar neste momento à prestação de contas do meu mandato para o povo pernambucano. Fiz um governo em um período difícil e delicado, consegui a interlocução da casa e por isso esperei o momento certo para tomar a decisão correta, preservando a unidade”.

Eriberto Medeiros agradeceu pelo gesto. “Agradeço ao pastor Cleiton Collins pelo gesto de abrir mão da disputa interna do PP em busca de um consenso, já que existe um sentimento de respeito à proporcionalidade dos partidos na Assembleia. E ao presidente do partido, Eduardo da fonte, que de forma democrática, ouviu os membros dos partidos, indicando o nosso nome para a apreciação dos 48 deputados na Casa Joaquim Nabuco”.

Fonte

Blogpontodevista.com

Cleiton Collins deverá ser o nome do PP para a presidência

No exercício da presidência da Alepe, o deputado Cleiton Collins, oficialmente vice-presidente da Casa, deverá ser indicado pelo grupo composto pelo PP e PR que possui dezesseis deputados e garante ao nome uma vantagem significativa em relação a qualquer adversário. Como a vice será aberta com a renúncia de Cleiton para disputar a presidência, o Palácio deverá indicar um nome do PSB para o posto, uma vez que garantirá a ampliação do partido do governador na mesa, e a tranquilidade de votos, 28 no total pelo menos, para que Cleiton seja conduzido ao cargo de presidente.

A ascensão de Cleiton Collins ao comando da Assembleia Legislativa de Pernambuco será a coroação de um trabalho que vem numa crescente eleitoral a cada disputa por um mandato de deputado estadual, sendo o mais votado de Pernambuco desde 2006. Também será um reconhecimento da força de PP, PR e PSB, os três principais partidos da base do governador, que terá a proporcionalidade da Casa respeitada.

Ao garantir o seu aval para que Cleiton Collins chegue ao comando do legislativo, o governador Paulo Câmara, que tem 37 deputados na sua bancada governista, manterá a tropa da Alepe unida para a disputa eleitoral que se avizinha. A Frente Popular estará novamente preservada na equação de forças da Casa Joaquim Nabuco com a escolha de Cleiton Collins, que já está no quarto mandato de deputado e possui boa relação com a maioria dos deputados.

Com o comando da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o PP poderá abdicar da vaga de senador na Frente Popular, o que permitirá ao governador uma maior tranquilidade para fechar alianças importantes com outros partidos, como o PR, o PCdoB e até mesmo o PT, que ainda flerta com o governador. Esse comando da Alepe através de um fiel aliado como Cleiton Collins, tal como era Guilherme Uchoa, servirá para fortalecer o projeto do governador Paulo Câmara, que busca reeleição.

Fonte

Edmarlyra.com

Em Jaboatão, Anderson e Neco de olho nos votos de Cleiton Collins

Candidatos que disputam o segundo turno, em Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR) e Neco (PDT) dizem abertamente que fizeram contato com o Pastor Cleiton Collins (PP), deputado estadual e candidato derrotado no primeiro turno das eleições nos municípios. Ambos, Anderson e Neco, disseram ter falado por telefone com Cleiton já na segunda-feira (3), logo após a votação do primeiro turno. Em jogo estão 39 mil votos do evangélico, 13,44% do total no município, no primeiro turno.

Nesta terça (4), tanto Anderson quanto Neco estiveram presentes, um por vez, na série de edições especiais do Resenha Política, transmitido ao vivo pelas redes sociais do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

Participação e tamanho da Bancada

Tendo, na Assembléia Legislativa de Pernambuco, uma bancada composta por seis deputados estaduais e contabilizando, na Câmara Federal, dois representantes pernambucanos, o PP trabalhou, nos últimos dias, junto ao Palácio das Princesas, para conquistar espaço na gestão estadual que seja reflexo do volume de representantes que acumulou no parlamento. Até ontem, além de manter o Ipem, a sigla deveria indicar ainda um nome para comandar o Porto do Recife e outro para secretaria executiva de Políticas sobre Drogas (Sepod), que integra a estrutura da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, comandada por Isaltino Nascimento. Os progressistas tem na sua conta o deputado federal mais votado do Estado, Eduardo da Fonte (283.567 votos), e o estadual, também mais votado, Cleiton Collins (216.874 votos). Na Alepe, contabilizam a segunda maior bancada, atrás apenas da do PSB, o que leva os progressistas a entenderem que seu tamanho supera, em número de parlamentares, o PR, o Solidariedade, o PDT, por exemplo, entre outras partidos.

Fonte

Alepe na Mídia – Folha Política (25 de Maio de 2016)