Votação de indicação sobre retirada do termo “ideologia de gênero” é adiada

Pastor Cleiton Collins foi o autor de uma Indicação ao Ministro da Educação, que tem como objetivo retirar a abordagem sobre ideologia de gênero dos currículos em comum de escolas públicas e privadas de todo o Brasil.

O MEC quer aprovar o ensino dessas questões de gênero e o Deputado baseou seu discurso contra a ideologia. Houve grande discussão e os deputados defensores da corrente “ideológica de escolha de gênero” fizeram uma manobra, a fim de impedir a aprovação da proposta do Pastor Cleiton.

Ao final do debate pediu-se a verificação de quórum, e como houve um esvaziamento do plenário por parte dos que apóiam a ideologia de gênero, restando presentes apenas 20 deputados, a votação do documento foi adiada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *